CONFIES e reitores debatem o Future-se na próxima semana, na Comissão da Educação do Senado

10/09/2019 10:32


O presidente do CONFIES, Fernando Peregrino participará em 17 de setembro da audiência pública sobre o projeto Future-se do Ministério da Educação (MEC), programa que prevê a reestruturação do financiamento e gestão do ensino superior, na Comissão da Educação, Cultura e Esporte. O convite foi realizado pelo presidente da Comissão, o senador Dário Berger (PSB-PB).

Também foram convidados as reitoras da UnB (Universidade de Brasília), Marcia Abrahão Moura, a da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), Sandra Regina Goulart Almeida, a da UFPB (Universidade Federal da Paraíba), Margareth Formiga Melo Diniz, e a da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), Soraya Smaili.

A lista de convidados inclui ainda os reitores da UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia), Marcel do Nascimento Botelho, e da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Rui Oppermann, além do ex-reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Thompson Mariz.

Posição do CONFIES

Crítico ao programa desde o início, o presidente do CONFIES, Peregrino considera inaceitável, por exemplo, a proposta do MEC de tentar acabar com autonomia universitária por intermédio de contratos de gestão com OS (organizações socais), embora o órgão já tenha sinalizado que incluiria as fundações de apoio no projeto. A proposta inicial do MEC não contemplou as fundações de apoio, mesmo que o segmento realize há anos praticamente quase todas os desejos vislumbrados pelo programa Future-se.

Conforme entende Peregrino, para serem instituídas, pela Lei 9.637/98, as OSs devem assinar um contrato de gestão com metas que devem ser cumpridas ano a ano sob pena de não receber os recursos de contrapartidas e penalização dos gestores. “E aí reside o problema que considero básico do modelo do MEC. Pois, sendo assim, o MEC terá às mãos o poder externo de intervir nos rumos acadêmicos da universidade, violando o princípio básico de autonomia universitária”, explica. Segundo ele, o Comitê Gestor da OS poderia, por exemplo, mandar fechar um curso em nome de algum critério de performance, porque não atingiu um índice arbitrado de relação professor/ aluno.

Fonte: Confies.


   
   







Parque Tecnológico participa de programa que financia ideias inovadoras

09/09/2019 18:00


Com o intuito de estimular empreendedorismo e aquecer o mercado tecnológico do estado, o Parque Tecnológico Metrópole Digital participará, no dia 12 de setembro, do lançamento do Programa Centelha, iniciativa nacional que seleciona projetos tecnológicos para receberem investimentos financeiros e suportes administrativo e operacional.


O evento, que acontecerá no auditório do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RN), marcará a abertura do edital de seleção para o Programa Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores, que, nesta edição, contemplará candidatos potiguares com ideias inovadoras para o mercado.


“A ideia é selecionar projetos de tecnologia que se destaquem e atendam às demandas específicas do mercado e da sociedade, atuando em áreas como administração, construção civil, ciência aeroespacial, entre outras”, explica Rodrigo Romão, vice-diretor do Parque Tecnológico.


Para esse edital, a previsão é que sejam selecionados aproximadamente 15 projetos, os quais receberão subvenção econômica de R$ 50 mil cada. Ao todo, serão disponibilizados R$ 600 mil pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e R$ 200 mil pelo Sebrae-RN. O Centelha é realizado em parceria com as duas instituições.


Já o Parque Tecnológico participa na condição de coexecutor, atuando diretamente com a elaboração do edital e com a composição de equipes responsáveis pela seleção das ideias concorrentes. Todas as informações sobre prazos, cronogramas e demais requisitos serão divulgados com o lançamento do edital.


Seleção


O processo seletivo do Programa Centelha é aberto apenas para potiguares e consistirá em três fases distintas, que juntas durarão 12 meses, em média. A primeira delas diz respeito à análise das ideias, momento em que a banca examinadora avaliará questões como inovação tecnológica, problematização, organização de equipes, entre outras.


Em seguida, os projetos selecionados passarão pela segunda etapa de avaliação, momento em que será analisada a redação do projeto tecnológico considerando fatores como risco e potencial de mercado. Por fim, os finalistas passarão pela última fase: a avaliação do cronograma físico financeiro.

Benefícios

Além da subvenção econômica, o Programa oferece aos selecionados uma série de benefícios, como capacitações e suporte para alavancar negócios, serviços de parceiros, acesso à incubadoras e potenciais investidores e ampliação de networking e divulgação da empresa.

Para Rodrigo Romão, vice-diretor do Parque Tecnológico, o edital representa uma oportunidade para criação de novas empresas.

“Quem sabe se dessas ideias que surgirem no Programa não se criem novas empresas parceiras? Essa iniciativa é interessante para o network e para a composição do ecossistema de inovação empreendedora do estado”, avalia o Romão.

O Programa já foi executado em diversos outros estados do Brasil, como Paraíba, Sergipe, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Fonte: Ascom/IMD.


   
   







LAIS seleciona apoiadores para o projeto Sífilis Não em todo o país (Edital 043/2019)

09/09/2019 15:00


O Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN), em parceria com o Ministério da Saúde, torna pública a seleção através de processo seletivo e a formação de cadastro de reserva de bolsistas que atuarão como apoiadores para ações de vigilância em saúde e atenção primária em saúde, para fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), como um dos objetivos do Projeto de Resposta Rápida à Sífilis nas Redes de Atenção.

No total, serão alocados 27 apoiadores para atuar em vigilância em saúde, e outros 27 na atenção primária em saúde, totalizando 54 bolsistas, sendo um em cada uma das respectivas áreas para cada estado do Brasil e do Distrito Federal.

Edital 043/2019


   
   







Inscrições prorrogadas para pós-graduação em Gestão Ambiental

09/09/2019 12:00


A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ) prorroga inscrições para o Curso de Especialização em Gestão Ambiental até o dia 4 de outubro. Os interessados devem se inscrever pelo Sigaa. São ofertadas 50 vagas para graduados em qualquer área do conhecimento. O curso será semipresencial: contará com aulas via Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e com encontros presenciais na EAJ, em Macaíba.

A carga horária de 360 horas será dividida na seguinte matriz curricular: Introdução à Educação a Distância (15 horas), Introdução à Gestão Ambiental (30 horas), Geotecnologias (30 horas), Métodos e Técnicas de Pesquisa em Gestão Ambiental (30 horas), Legislação e Direito Ambiental (30 horas), Gestão Integrada de Recursos Hídricos (30 horas), Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (30 horas), Saneamento Ambiental (30 horas), Educação Ambiental (15 horas), Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (30 horas), Sistema de Gestão Ambiental (45 horas) e  Metodologia da Pesquisa (45 horas).

 A pós-graduação terá duração de 18 meses, com o investimento mensal de R$ 250. Confira o edital e todas as informações no site www.eaj.etec.ufrn.br.


   
   







FUNPEC abre processo seletivo para Analista de Marketing

09/09/2019 10:57

Antônio Netto

Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura - FUNPEC está com processo seletivo aberto de uma vaga para Analista de Marketing. A atuação será em projeto acadêmico gerenciado pela Fundação. Salário é de R$4.506,99. A Carga horária é de 40 horas semanais.

Os candidatos à vaga deverão ter nível superior completo em Publicidade e Propaganda ou Marketing ou áreas afins. Também é preciso ter Pós-graduação na área de Publicidade e Propaganda ou Marketing, além de experiência comprovada de, no mínimo seis meses, na área de Publicidade e Propaganda ou Marketing

As inscrições vão até o dia 13 de setembro e são feitas, gratuitamente,  no site da FUNPEC - www.funpec.br. Lá constam o edital de seleção e o formulário de inscrição. O processo seletivo será realizado em duas etapas: análise de currículo e entrevista técnica. O resultado final será divulgado no site da Fundação.


   
   










V ENNFAIES





Destaque das Colunas


A Importância da Ciência e Tecnologia para um País

16/12/2019 11:06 por André Maitelli





Redes Sociais