Dezembro é mês do Laranja

06/12/2019 16:00



*Desde 2014, a Sociedade Brasileira de Dermatologia promove o Dezembro Laranja. A ação faz parte da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele. Desde então, sempre no último mês do ano, são realizadas diferentes ações em parceria com instituições públicas e privadas para informar a população sobre as principais formas de prevenção e a procurar um médico especializado para diagnóstico e tratamento. O câncer da pele é o tipo da doença mais incidente no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano. Quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.

Todo ano o tema da campanha é renovado para atrair um maior número de pessoas nessa grande ação de conscientização. Em 2019, serão enfocados os principais sinais do câncer de pele para o diagnóstico e tratamento precoces e todos estão convidados a participar conosco desse movimento de conscientização, publicando nas redes sociais uma foto vestindo uma peça de roupa laranja com a hashtag #dezembrolaranja e #sinaisdocâncerdepele e, com isso, contribuir para espalhar atitudes de fotoproteção.*


   
   







Universidade chinesa abre inscrições para bolsas de mestrado integrais

06/12/2019 14:00


A Universidade de Pequim, considerada a melhor da China e uma das 20 melhores do mundo, convida estudantes brasileiros a se inscreverem na Yenching Academy, seu programa de bolsas de mestrado de excelência. Com o objetivo de conectar a China ao resto do mundo, o programa oferece uma pós-graduação interdisciplinar e intercultural, ao mesmo tempo que permite a imersão em um ambiente de aprendizado intensivo, com a possibilidade de o próprio aluno determinar o seu caminho acadêmico.

Uma vez matriculado na Yenching Academy, existe a possibilidade de inscrição para bolsas de pesquisa financiadas pelo próprio programa e de o aluno concorrer a intercâmbios acadêmicos em algumas das melhores universidades do mundo. As parceiras da Universidade de Pequim incluem Harvard, Yale, New York University, Cambridge, Sciences Po, Universidade de Melbourn, London School of Economics e King’s College.

Em 2019, foram selecionados 120 alunos de mais de 40 países para compor o corpo estudantil do programa, que já possui 80% de participação internacional.

Enquanto o perfil de estudantes do programa é variado, não havendo limitação para a área de estudo dos candidatos, é necessário possuir no mínimo um bacharelado ou ter o recebimento do diploma previsto para até agosto de 2020. Além disso, é necessário um excelente histórico acadêmico, com atividades extracurriculares e que demonstre o engajamento comunitário, responsabilidade social e potencial de liderança do candidato.

A oportunidade é para uma bolsa de estudos completa, estando incluídas passagens de ida e volta para o Brasil, seguro de vida e hospedagem, com a alimentação do aluno sendo subsidiada pelo programa. Além disso, é disponibilizada uma ajuda de custo mensal para o mestrando.

O programa tem selecionado pelo menos um brasileiro desde sua criação, em 2015, e procura expandir seu reconhecimento no país. Por isso, foi criado um vídeo de divulgação inteiramente em português e estrelado por quatro alunos de graduação brasileiros que agora fazem parte do corpo discente da universidade.

Os interessados na oportunidade deverão submeter suas inscrições pelo site do programa (apenas em inglês), até a 1h da manhã do dia 6 de dezembro. Para isso, o candidato deverá preencher o formulário disponível no site, além de submeter uma redação de até 750 palavras sobre suas motivações para a inscrição. São requeridos ainda o currículo do candidato, seu histórico acadêmico, diploma e duas cartas de recomendação. Faz-se necessária ainda a certificação de proficiência em inglês, podendo os níveis mínimos ser consultados no portal do programa.

Para mais informações, consulte o site do programa ou envie um e-mail para igor.patrick@pku.edu.cn.

Fonte: Ascom/SRI.


   
   







Em PE, fundações de apoio discutem crise e propostas para atividade de pesquisa

06/12/2019 12:02



O presidente do CONFIES – Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica – Fernando Peregrino participa nesta quinta-feira, 05, de  encontro com dirigentes de fundações de apoio à pesquisa (de 9 horas às 16 hs), no auditório da Fade, fundação de apoio à pesquisa da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), UNIVASF e Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O encontro reúne mais de 20 dirigentes e representantes de 13 fundações do Nordeste. Em meio à crise da ciência, o evento tem por objetivo discutir as ações e a luta das fundações este ano e traçar expectativas para 2020, entre outros pontos.

Além da FADE, estão presentes as fundações FADEX, vinculada à Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Instituto Federal do Piauí (IFPI); FADURPE, vinculada à Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e à  FUNDAJ (Fundação Joaquim Nabuco).

Participam ainda a FAPEX, vinculada à Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Instituto Federal da Bahia (IFBA) e Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Também participam a FASTEFUFC, da Universidade Federal do Cariri (UFCA)/UNILAB/IFCE. A fundação FCPC, da Universidade Federal do Ceará (UFC)/IFCE/UNILAB. A fundação FUNCERN, vinculada ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). A CETREDE, da UFCE. A fundação FUNETEC, do IFPB.  A fundação FSADU, da UFMA, também a  fundação FJMONTELLO, da UFMA e IFMA; e a FUNDEPES, da UFAL e IFAL; e a fundação FUNCERN.

Fonte: CONFIES.


   
   







UFRN recebe cientista para debater sistemas inteligentes

06/12/2019 11:58


O Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS), em parceria com o Departamento de Engenharia Biomédica, recebe o cientista Luiz Fernando da Silva Borges para ministrar uma palestra sobre tecnologia nesta sexta-feira, 6, a partir das 10h. O evento acontece no auditório da Secretaria de Educação a Distância da UFRN (Sedis).

Com o tema Prendendo Fantasmas em Robôs, a palestra pretende fomentar discussão sobre a importância da tecnologia e sua aplicação através de sistemas inteligentes. O evento é gratuito e aberto a toda a comunidade, com as inscrições sendo realizadas diretamente no local.

O cientista Fernando Silva conta com pesquisas nas áreas de modelagem estatística de processos termodinâmicos para amplificação de DNA, próteses robóticas de membro superior com feedback tátil, dispositivos de monitoramento do sono para a regulação do ciclo circadiano e interfaces cérebro-máquina de loop fechado embarcadas em sistemas de processamento distribuído, com finalidade de estabelecer comunicação com pessoas inicialmente classificadas em estado vegetativo ou coma.

Fonte: Agecom/UFRN.


   
   







Captação de recursos, patentes e produção acadêmica são tema de palestra

06/12/2019 11:57


A Agência de Inovação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (AGIR), a incubadora Tecnatus e o Departamento de Engenharia Elétrica (DEE), por meio do professor Ricardo Lucio de Araujo Ribeiro, realizam nesta sexta-feira, 6, a partir das 15h, no Anfiteatro B do Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET), a palestra Desafios para conciliar Captação de Recursos, Geração de Patentes e Produção de Artigos em Periódicos Indexado.

A exposição será proferida pelo professor Antonio Marcus Nogueira Lima, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), e terá o objetivo de apresentar a experiência da universidade paraibana com o case Virtus/UFCG, sua relação com o meio produtivo e interconexão com a Lei de Informática do MCTi e Embrapii. O Virtus – Núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologia da Informação, Comunicação e Automação – é um órgão suplementar da UFCG, vinculado ao Centro de Engenharia Elétrica e Informática (CEEI).

Com a visão de se tornar referência internacional em desenvolvimento e inovação tecnológica, o Virtus foi fundado por pesquisadores do CEEI com mais de 15 anos de experiência em projetos de pesquisa e desenvolvimento.

Fonte: Ascom/AGIR.


   
   










V ENNFAIES





Destaque das Colunas


41 anos da FUNPEC

17/10/2019 16:27 por André Maitelli





Redes Sociais