UFRN e Justiça Federal do RN discutem participação na Reunião da SBPC

28/11/2019 12:00


Cumprindo a agenda de visitas aos parceiros da 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), José Daniel Diniz Melo, e a comissão organizadora do evento, André Gurgel e Emanuela Justino, estiveram na Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN) para se reunir com o diretor do Fórum, juiz federal Carlos Wagner Dias Ferreira. O objetivo do encontro foi discutir ações conjuntas durante o maior evento científico da América Latina, que acontecerá de 12 a 18 de julho de 2020, no campus central, em Natal.

O reitor Daniel Diniz explicou que a UFRN sediou a Reunião da SBPC em 1998 e em 2010. Já em 2020, no aniversário de federalização da instituição de ensino, o evento acontecerá pela terceira vez na Universidade. O gestor esclareceu ainda que a Reunião da SBPC tem como intuito mostrar a produção científica, bem como promover um momento de discussão sobre as políticas para o desenvolvimento da área no país.

O juiz Carlos Wagner Ferreira ressaltou a importância das ações da UFRN, citando, como exemplo, o trabalho desenvolvido em parceria com o Instituto Metrópole Digital da UFRN (IMD) por meio dos residentes da Justiça Federal que estudam na unidade acadêmica. Nessa perspectiva, o diretor do Fórum considerou importante a participação da JFRN no evento da SBPC, com o intuito de fomentar os conhecimentos na área jurídica.

Após a apresentação de detalhes pela comissão local, como a estimativa do público, a estruturação física, os nomes dos outros parceiros, entre outros pontos, ficou encaminhada a participação da JFRN no evento e foi formado um grupo de trabalhos entre as instituições.

SBPC na UFRN

A 72ª Reunião Anual da SBPC acontecerá na UFRN, com o tema Ciência, educação e desenvolvimento sustentável para o século 21, e será estruturada em três partes: Científica, Expotec e SBPC Jovem. A reunião é o maior evento científico da América Latina e oferta uma programação gratuita e aberta para toda a população, com conferências, palestras, rodas de conversa, encontros, oficinas e minicursos de todas as áreas do conhecimento. O principal objetivo é aproximar a ciência da sociedade, mostrando que os estudos científicos fazem parte do nosso cotidiano e são necessários para a qualidade de vida da população.

Fonte: Agecom/UFRN.


   
   





Seja o Primeiro a Comentar